Recolha de dados e informação de entrada para voos para os EUA e voos sobre o território dos EUA

Para voos com destino aos EUA, escalas e sobrevoos do território norte-americano são válidas disposições de viagem especiais. Consulte aqui informações úteis sobre processamento e transmissão de dados.

Condições para entrada sem visto nos EUA

É exigido o registo online para viagens para os EUA. O registo online é feito através do Sistema Eletrónico para Autorizações de Viagem (Electronic System for Travel Authorization), conhecido como ESTA.

Ir para o registo ESTA

É dever das companhias aéreas verificar a informação de viagem ESTA: o transporte de passageiros que pretendam entrar nos EUA sem visto no âmbito do Programa Entrada sem Visto será proibido se os passageiros não tiverem recebido uma autorização eletrónica de entrada antes do início da viagem por parte das autoridades dos Estados Unidos.

Devido às novas regulamentações emitidas pelas autoridades norte-americanas, passageiros com um registo ESTA que nos últimos 5 (cinco) anos tenham viajado para o Irão, Iraque, Líbia, Somália, República Árabe da Síria, Sudão ou Iémen não serão elegíveis para viajar de acordo com o Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Vistos). ​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​​Irá também afetar os passageiros com dupla nacionalidade, que inclua um dos países acima mencionados e que pretendam viajar com o ESTA para os Estados Unidos. Para esses passageiros, todas as autorizações do ESTA serão revogadas. Podem viajar apenas com um visto válido dos Estados Unidos.

Tem de ser paga uma taxa de US$14 pelo registo ESTA. Como é válido por dois anos, convém registar-se o mais cedo possível. Além disso, a Lufthansa recomenda que imprima esta autorização de entrada e que a tenha à mão ao viajar. O registo também pode ser feito por terceiros, por exemplo, por familiares.

Encontrará aqui informação detalhada sobre o ESTA

Processo de entrada nos EUA

Procedimento automatizado para uma entrada célere


Atualmente, nos EUA são aplicados dois procedimentos automatizados: o Global Entry é, de longe, o procedimento mais rápido e curto, ainda que o procedimento Automated Passport Control (APC) também reduza o tempo de espera significativamente.

Mais informações sobre os processos de entrada

Recolha de dados e transferência de dados

Registo online de dados complementares para a entrada nos EUA

Para voos com destino aos EUA, as companhias aéreas encontram-se obrigadas por lei à transmissão dos dados dos passageiros às autoridades dos EUA através do Sistema Avançado de Informação sobre Passageiros (Advance Passenger Information System - APIS). Esta regra não se aplica aos passageiros com visto permanente de residência (‘green card’), ou aos passageiros em trânsito. Além das informações que constam no passaporte são ainda requeridos os seguintes dados:

  • País de residência/Country of Residence
  • Endereço completo da primeira pernoita nos Estados Unidos:
    • Número/Number
    • Rua/Street
    • Cidade/City
    • Estado/State
    • Código postal/Zip Code

Os passageiros da Lufthansa que tenham efetuado a sua reserva online poderão introduzir os dados APIS adicionais no final do processo de reserva.

Se os passageiros não possuírem toda a informação necessária ao fazerem a reserva, podem inserir mais tarde a informação em falta. Ao introduzirem o seu nome e o código de reserva aqui ou na área “A minha conta”, protegida por palavra-chave, poderão aceder à sua reserva e completar os dados inseridos.

Inserir online os dados APIS

Partilhar esta página: